Cartas na mesa

Se você "ainda"não descobriu o que lhe faz feliz, busque-se. Liberte-se! Não seja uma pessoa triste e mal amada que vive para criticar as escolhas alheias. Lembre-se de que ninguém é tão importante ou tão insignificante, que não possa re-começar...

(Barbara-Ella


Postar um comentário