A história de Neivinha


Na última temporada, a crítica caiu de pau no seu canto de gralha. Não que o resto da trupe tivesse agradado, mas ao menos eles não pareciam se esforçar tanto para isso. Então, no ensaio, Neivinha argumentou sua importância no espetáculo e, por unanimidade, ganhou o posto de garota rebolativa...

Era mesmo sortuda essa tal Neivinha. Tinha a manha dos programas que aumentavam a bunda e diminuíam a barriga. Os folders ficaram lindos! Mas ao vivo...

- Cadê a gostosa do cartaz? - Indagava o público presente.

E Neivinha bem ali, diante dos olhares perplexos da plateia, alargava um grande sorriso nervoso e rebolava até não sentir mais as ancas.

Vai, Neivinha! Até o chão!

(Barbara-Ella

Postar um comentário