Grrrrrrrr...

Um fuso confuso.
Ora semente. 
Ora grão. 
Entre a paz da palavra suspensa e o tesão de ouvir a própria voz.

Reparto o meio em dois e o resto afogo em metades.

Todo mundo é um pouco medonho quando se esconde.

(Barbara-Ella

Postar um comentário