N.O.F.E.A.R.S

Costumamos falar sobre os sonhos, porque eles nos hipnotizam. Temos a carne fraca do vício de desejar e insistimos no novo.

Sorrimos a pele texturada que rubra e nutrimos um certo riso no rito.

Nossos olhos saltam vorazes sobre as possibilidades!
Nós gostamos das possibilidades surpreendentes!

Somos a intenção de confronto encarnada, sem o ofício do medo.

Pensamos estátuas góticas sobre nossos aposentos, enquanto somos Sol num outro trecho do oceano...

(Barbara-Ella


Postar um comentário