Sobre as cobranças



Daí, vários pensamentos me tomaram a noite. E sozinha com minhas memórias, refiz nosso caminho e vi o que não teria enxergado fora da solidão: o egoísmo está tão impregnado em suas raízes, que não há qualquer vestígio de verdade no que diz. Um drama intolerável habita suas palavras, quando me cobra algo que não é capaz de d(o)ar...

Lágrimas são lágrimas... De injustiça ou desamor, derramam. Então, antes de usar meu nome para extrair das pessoas as compensações que busca, atenção! O engano só faz doer mais.




(Barbara-Ella
Postar um comentário