Provocações

Mania de achar que preconceito é doença que só dá em branco! O preconceito está enraizado na humanidade. 
Desde os primórdios, subjuga-se pelas diferenças físicas, sociais e ideológicas. Basta lembrar de quantas vezes se riu de piadas de gordo, loira, mulher, viado, português, negro... Pena que o único preconceito com pena prevista seja o racial... Por aqui, o discurso contra o preconceito consegue ser ainda mais racista. Culpa-se o homem pelo tom de pele que ele (não) tem, e colocam sobre ele as responsabilidades de inclusão. No mínimo, curioso.

(Barbara-Ella brasileira = Barbara-Ella indígena + Barbara-Ella negra + Barbara-Ella branca + Barbara-Ella amarela.

Postar um comentário