Bastou a primeira curva para esquecer como o bem o bom!
Postar um comentário