Neural

Um círculo de sílabas desencontradas
E eu, sem entender o conteúdo todo 
((Daquele nada!))

O que eu dizia se transformando 
Em coisas que eu jamais disse.
E eu querendo que o tempo voltasse 
Em qualquer antes.

Daquele nada em diante,
Resolvi estar perdida
Entre sinapses de lãs coloridas,
Dentro de casa.

(Barbara-Ella


Postar um comentário